sábado, 31 de dezembro de 2011

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Lição nº 99

Sumário: Fritos de Abóbora ou Bolinhos de Jerimu

Feitos para a minha mãe...
Receita do livro referido nas lições anteriores.



  2 kg de abóbora bolina
  80 g de farinha
  4 ovos
  4 colheres de sopa de açúcar
  2 laranjas
  açúcar e canela para polvilhar

Coza a abóbora em água ligeiramente temperada com sal. Passe-a por um passador e esprema o polme obtido dentro de um pano, para lhe retirar toda a água (deixei uma noite a escorrer).
Ao puré de abóbora junte a farinha, as gemas, o açúcar e a raspa das cascas de laranja. Mexa bem. Por fim adicione as clara batidas em castelo bem firme. Frite colheradas desta massa em óleo bem quente (180 ºC).
Sirva os fritos polvilhados com açúcar e canela.

Lição nº 98

Sumário: Sonhos Doces

Tenho alguma difilculdade em fazer sonhos, porque facilmente se tornam pesadelos. Mas com esta receita, sonhei...
A receita é do livro referido na lição nº 97.




 
  4 dl de água
  50 g de manteiga
  30 g de açúcar
  1 casca de limão
  sal
  200 g de farinha
  50 g de maisena
  5 ovos

Num tacho, ponha a água, a manteiga, o açúcar, a casca de limão e uma pitada de sal. Leve ao lume e assim que levantar fervura, retire do calor e junte imediatamente as farinhas, previamente peneiradas juntas.
Mexa muito bem com uma colher de pau, de modo a formar uma bola. Leve ao lume para secar a massa e depois continue a mexer com uma colher de pau até a massa arrefecer (a partir daqui que mexeu foi a batedeira) . Junte os ovos um  a um, batendo a massa entre cada adição até o ovo anterior estar completamente absorvido. Frite colheradas de massa em óleo abundante, mas pouco quente (160 ºC). O lume deve estar no mínimo para que a temperatura do óleo se mantenha nos 160 ºC durante a cozedura de todos os sonhos (controlei a temperatura com a ajuda de um termómetro de cozinha). À medida que estes forem alourando, pique-os com um garfo ou com uma agulha de tricô (utilizei um espeto de espetadas). Sirva os sonhos regados com calda de açúcar ou polvilhe com açúcar e canela.



Lição nº 97

Sumário: Filhós Tendidas

Este é o doce de Natal preferido da M.. E também o único que acabou um dia depois do dia de Natal!!
A receita é de um dos meus livros favoritos, "As Receitas Escolhidas" de Maria de Lourdes Modesto.




As quantidades referidas dão para fazer filhós para um ano inteiro! Só utilizei um quarto da massa e enchi uma taça enorme. No Ano Novo vou voltar a fazê-las, mas vou utilizar 1/3 das quantidades.


  3 ovos
  3 laranjas
  125 g de manteiga
  125 g de açúcar
  1/2 dl de aguardente
  1 limão
  farinha
  canela

Misture os 3 ovos inteiros, o sumo das laranjas, a manteiga derretida, o açúcar, a aguardente, a raspa da casca de limão e uma pitada de canela. Depois de tudo bem ligado, junte a farinha em quantidade suficiente para obter uma massa que se possa estender (eu juntei quase 1 kg). Sove bem a massa batendo-a sobre a pedra da mesa (eu não bati, porque quem sovou a massa, e muito bem, foi a minha batedeira). Deixe descansar algumas horas (eu deixei descansar 4 horas) e estenda a massa com o rolo, sobre uma superfície polvilhada com farinha (a massa deve ser esticada muito, muito, fina). Corte com o feitio desejado, com uma carretilha, e frite em óleo bem quente (180 ºC). Polvilhe com açúcar e canela (eu só polvilhei com açúcar).


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Lição nº 96

Sumário: Pão de Ló de Alfeizerão


Esta receita foi-me dada pela stora R.T. e é uma delícia.


  6 gemas
  2 ovos
  100 g de açúcar
  50 g de farinha peneirada

Bater os ovos, as gemas e o açúcar durante vinte minutos.
Envolver cuidadosamente a farinha no creme de ovos.
Deitar o preparado numa forma forrada com papel (eu uso papel cavalinho em formato A3) e levar ao forno pré-aquecido a 180 ºC durante 15 minutos (no meu forno, porque na receita original o tempo de cozedura é 10 minutos).

Lição nº 95

Sumário: Compota de maçã e canela

Compota deliciosa adaptada daqui.




  1 kg de maçãs já limpas e descascadas
  150 ml de água

  50 ml de vinho verde branco
  1 colher de chá de canela em pó
  1 pau de canela
  750 g de açúcar

Depois de descascadas as maçãs, coloque-as num tacho juntamente com o açúcar, a canela em pó e o pau de canela e a água.
Leve ao lume, e assim que começar a ferver reduza-o para o mínimo, adicione o vinho e deixe cozinhar muito lentamente durante 1 hora.
Ao fim desse tempo retire o pau de canela e passe as maçãs com a varinha mágica.
Leve novamente a lume brando até o doce atingir o ponto de estrada (que é quando depois de colocar um pouco de doce num prato e lhe passar o dedo, se formar uma estrada!).
Retire do lume, e coloque em frascos.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Lição nº 94

Sumário: Biscoitos de Natal

Chamo-lhes biscoitos de Natal, porque os faço só no Natal (nem sei bem porquê, talvez por serem fritos!!).
Estes foram exceção à regra.
Acabadinhos de fritar...
São muito bons.


  3 ovos
  9 colheres de sopa de açúcar
  3 colheres de sopa de azeite
  3 colheres de sopa de manteiga amolecida
  1 colher de chá de canela em pó
  1 colher de chá de fermento em pó
  farinha q.b.

Misturar todos os ingredientes. Juntar farinha (eu juntei, aproximadamente, 400 g) e o fermento em pó e mexer até obter uma massa com a consistência de massa de pão.
Moldar charutos, torcidos, ou na forma que quiser, fritar em óleo não muito quente, escorrer e passar por uma mistura de açúcar e canela.
Pode-se guardar numa caixa hermeticamente fechada, porque se conservam alguns dias.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Lição nº 93

Sumário: Bolo de maçã turco

Mais uma receita de um bolo de maçã com nozes delicioso, fofo e húmido! A receita é daqui.






  1/2 copo de óleo de girassol
  1 copo de iogurte
  2 ovos
  1 1/2 copo de açúcar
  3 copos de farinha
  1 colher de sopa de fermento
  6-8 maçãs médias
  1/2 copo de nozes raladas
  2 colheres de sopa de sultanas
   1 colher de sobremesa de canela + canela q.b. para polvilhar 

Descasque três maçãs e corte-as em fatias. Reserve. Prepare o recheio. Raspe as restantes maçãs e adicione as nozes, as sultanas e a canela. Misture e reserve. Misture os ovos com o açúcar. Adicione o óleo e o iogurte. Junte a farinha e o fermento. Coloque metade da massa numa forma untada e polvilhada. Cubra com o recheio de maçãs, nozes, sultanas e canela. Coloque por cima a outra metade da massa. Cubra com as fatias de maçã e polvilhe com um pouco de canela. Cozinhe em forno pré-aquecido a 170º durante cerca de 50 minutos.

domingo, 27 de novembro de 2011

Lição nº 92

Sumário: Bolo-Rei

Ontem deu-me para a preguiça e quem fez o Bolo-Rei foi a minha máquina de fazer pão. Eu só coloquei os ingredientes na cuba da máquina, moldei a coroa, coloquei no forno e ... voilá!! Não ficou lindo?? A receita é daqui.
Nem imaginam o cheirinho que ficou cá em casa...





  2 dl de água
  1 embalagem de farinha para pão de brioche Branca de Neve.
  100 g de frutos secos grosseiramente picados (pinhões, nozes e amêndoas)
  50 g de passas
  50 g de fruta cristalizada grosseiramente picada
  2 colheres (sopa) de vinho do Porto
  raspa de meia laranja
  1 ovo para pincelar
  fruta cristalizada, pinhões e açúcar em pó para decorar


Coloque a água na cuba da máquina do pão e junte o conteúdo da embalagem de farinha. Selecione e inicie o programa para massa de piza ou massa lêveda. Depois de terminar o programa, adicione os frutos secos, as passas, a fruta cristalizada, o vinho do Porto e a raspa da laranja. Programe novamente na massa de piza.
Quando terminar, retire a massa da cuba para uma superfície enfarinhada e molde duas coroas. Coloque-as num tabuleiro previamente untado com óleo. Tape-as com um pano e deixe levedar até atingir quase o dobro do volume. Pincele com ovo batido, decore com pedaços de fruta cristalizada e pinhões e polvilhe generosamente com açúcar em pó.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º por cerca de 30 minutos. Retire e pincele com geleia.

domingo, 20 de novembro de 2011

Lição nº 91

Sumário: Broas doces

Estas broas são muito fáceis de fazer e são deliciosas! A receita é daqui.
Só acrescentei uma casca de limão e nozes picadas à receita original.



  Mistura 1
  500 g farinha com fermento
  250 g açúcar
  3 c. chá de canela
  1 c. chá de erva doce moída

  100 g de nozes picadas grosseiramente

  Mistura 2:
  1dl azeite
  1 dl vinho do Porto
  1 dl água
 
  50 g manteiga
  1 pitada de sal

  1 casca de limão


Misturar os ingredientes da mistura 1.
Levar os ingredientes da mistura 2 ao lume até ferver.
Juntar as misturas e amassar.
Com as mãos untadas, tender bolinhas, dando-lhe a forma de broas. Colocar as broas em tabuleiro forrado com papel vegetal, pincelar com a gema batida e levar ao forno aquecido a 180 ºC.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Lição nº 90

Sumário: Tarte de chocolate

Fiz esta sobremesa para o aniversário do J., porque tenho que gastar os cereais de arroz tufado com chocolate que comprei para fazer bolachas. Descobri esta receita aqui.

 

  1 pacote de bolacha maria
  100 g de manteiga
  1,5 dl de leite
  1 dl de natas
  200 g de chocolate
  100 g de arroz tufado com chocolate

Picar a bolacha e misturar com a manteiga amolecida.
Forrar a tarteira.
Levar ao lume o leite e as natas e quando quente retirar e juntar o chocolate em pedacinhos e deixar derreter por completo.
Juntar o arroz .
Deitar na tarteira.
Servir bem fresco.

Lição nº 89

Sumário: Bolo de noz com upgrade





Lembram-se deste bolo? É o bolo favorito do J. e como ele me pediu para o fazer mais uma vez para a festa dos seus anos, para variar um pouquinho, mudei-lhe a cara. A receita é exatamente a mesma. Desta vez, abri-o, recheei-o com ovos moles e, com as claras que sobraram, fiz um merengue (6 claras + 100 g de açúcar) para o cobrir. Levei-o a forno forte para dourar. Adoraram...

domingo, 30 de outubro de 2011

Lição nº 88

Sumário: Bolachas de Choco Rice




Estas foram feitas para os lanches escolares da M. e a receita é daqui.
Ótimas!!


  120 g de manteiga à temperatura ambiente (eu utilizei 60 g de manteiga e 60 g de margarina)
  200 g de açúcar
  1 ovo
  200 g farinha
  1 colher (chá) de fermento em pó
  100 g de cereais  arroz tufado com chocolate

Bata muito bem a manteiga com o açúcar até obter um creme. Junte depois o ovo e continue a bater.
Acrescente a farinha, previamente misturada com o fermento em pó, e bata novamente. Por fim, junte os Choco Rice e misture-os muito bem com a massa. Ligue o forno a 180º C. Unte ligeiramente o tabuleiro do forno com margarina.
Molde bolinhas com a mistura anterior e coloque-as afastadas no tabuleiro. Leve o tabuleiro ao forno durante 10 minutos. Retire, descole as bolachas do tabuleiro com uma espátula, deixe arrefecer e sirva.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Lição nº 87

Sumário: Gelado de Filipinos


Mais um repetente cá de casa...



 
  3 pacotes de natas
  1 lata de leite condensado
  1 embalagem de bolachas "filipinos" ( embalagem vermelha)

Colocar as bolachas dentro de um saco de plástico, fechar bem e bater com uma colher de pau para as triturar grosseiramente. (este passo até serve para aliviar o stress...) Reservar.
Bater as natas até triplicarem de volume.
Envolver o leite condensado e as bolachas com as  natas e levar ao congelador algumas horas.
Servir polvilhado com raspas de chocolate ou acompanhado de molho de chocolate quente. 

domingo, 16 de outubro de 2011

Lição nº 86

Sumário: Fondue de Camembert

Ontem, houve jantar de amigos cá em casa e fiz esta entrada.
A receita é de um livro fancês que ofereci a mim própria, como prenda de anos, ainda no tempo em que havia subsídio de férias...


 
  1 queijo camembert
  1 colher de sopa de vinho branco
  1 colher de sopa de azeite
  1 dente de alho picado
  1 colher de sopa de tomilho fresco

Colocar o queijo numa folha de papel vegetal.
Juntar os restantes ingredientes e mexer um pouco.
Barrar o queijo com a mistura e levar ao forno (180 ºC) cerca de 20 minutos.
Retirar do forno e servir imediatamente. (não retirar o papel vegetal)
Acompanhar com fatias de pão.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Lição nº 84

Sumário: Lasanha de pão e fiambre

Contributo da stora I.P.
"É uma receita bem gulosa e preguiçosa que faço de vez em quando e que faz as delícias dos meus adolescentes. Claro que não a faço tantas vezes como eles gostariam, pois é bastante calórica, logo guardo-a para um miminho especial. É (uma vez mais) do meu livro “Feito em casa” da Joana Roque.




   pão de forma sem côdea
   tomate fresco
   fiambre (também já experimentei substituir por chourição ou outras carnes frias e fica delicioso)
   queijo mozarella ralado (pode ser outro tipo de queijo a gosto)
   azeite
   orégãos
   sal
   molho bechamel (de pacote ou feito em casa....)


Liga-se o forno na temperatura máxima. Num tabuleiro que vá ao forno coloca-se uma camada de pão de forma de modo a cobrir todo o fundo do tabuleiro. Coloca-se uma camada de tomate fresco cortado em rodelas fininhas, tempera-se com um fio de azeite, orégãos e um pouco de sal. Cobre-se com uma camada de fiambre e outra de queijo, e rega-se com um pouco de bechamel. Volta a cobrir-se tudo com pão, repetem-se as camadas de tomate, fiambre, queijo e bechamel e cobre-se com uma última camada de pão, bechamel e queijo ralado. Leva-se ao forno bem quente, cerca de 15 minutos, ou até ficar o queijo derretido e o molho gratinado. Hmmmm…"

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Lição nº 83

Sumário: Bolo de noz (outra receita)

Ainda no rescaldo da Festa das Nozes, em Gondomar, cá vai mais uma receita de bolo de noz.
Este bolo é o meu bolo de noz preferido, tanto pelo sabor e textura como pela facilidade de execução. A receita foi-me dada há alguns anos pela stora M.M.M.
O da foto foi do aniversário do J.




  8 ovos
  250 g de açúcar
  1 colher de sopa de farinha
  250 g de nozes
  ovos moles q.b.

Batem-se as gemas com o açúcar durante 20 minutos. Junta-se a noz moída, a farinha e as claras em castelo e envolve-se com cuidado. Deita-se a massa numa forma untada e forrada com papel vegetal e vai a cozer em forno médio (170 ºC).
Desenforma-se, deixa-se esfriar e cobre-se com ovos moles.
Se, em vez de bolo, quisermos fazer uma torta, podemos utilizar um tabuleiro, desenformar num pano húmido polvilhado com açúcar e depois de frio cobrir com os ovos moles e enrolar.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Lição nº 82

Sumário: Bolo de noz

Cá vai uma receita da vovó V., mãe da stora I.P.
Eu já fiz o bolo e é delicioso. Vale bem a pena experimentar.
A receita é daqui, mais um blogue tentador...



 
  1 ½ chávena de farinha de trigo peneirada
   1 colher de chá de fermento
   ½ chávena de manteiga
   1 chávena de açúcar
   2 ovos e 1 gema
   1 chávena de nozes picadas
   2 claras
  1 ¼ chávena de açúcar mascavado


Aqueça o forno. Unte generosamente um tabuleiro com manteiga e peneire com pão ralado.
Num recipiente misture bem a manteiga e o açúcar, junte os 2 ovos e a gema, batendo até a mistura ficar leve e fofa. Junte a farinha peneirada com o fermento, batendo ligeiramente. Espalhe a massa no tabuleiro e salpique por cima as nozes picadas.
Bata bem as claras, como para suspiro. Vá juntando aos poucos o açúcar mascavado. Espalhe sobre a massa que está no tabuleiro.
Asse durante 20 a 25 minutos em forno médio.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Lição nº 81

Sumário: Bolo de dióspiros e especiarias

Contributo da stora F.S.



"Cá em casa parecia Natal! Tinha os cestos da cozinha cheios de túrgidos e corados dióspiros, bem acomodados em largas e acolhedoras folhas. O que fazer a tantos e tão belos frutos? Descobri este bolo em chefharuki.blogspot.com. É um bolo muito simples e diferente que, parecendo denso, se revelou fresco e leve. É ainda melhor comido no dia seguinte!


   3 dióspiros grandes e maduros (+- 4 dl)
   1 colher de chá de bicarbonato de sódio
   100 g de margarina derretida
   250 g de açúcar amarelo
   1 ovo
   280 g de farinha de trigo
   2 colheres de chá de fermento em pó
   2 colheres de chá de canela
   1/2 colher de chá de noz moscada
   1/2 colher de café de cravinho em pó
   70 g de miolo de noz bem ralado
   casca ralada de 1 boa laranja
  


Aqueça o forno a 180º, unte e polvilhe uma forma “de chaminé” e reserve.
Com a varinha mágica, reduza a polpa dos dióspiros a puré. Adicione o bicarbonato de sódio, mexa muito bem e deixe assentar por uns minutos (é importante que não salte este passo; a adição do bicarbonato é fundamental pois fará com que o puré fiquei espesso, como se solidificasse).
Bata a manteiga com o açúcar. Adicione o ovo e o puré e volte a bater.
Misture bem a farinha, o fermento e as especiarias, adicione ao preparado anterior e misture com a ajuda de uma colher de pau. Por último, junte as nozes e a raspa da casca de laranja. Envolva bem, deite a massa na forma e leve ao forno 40-50 minutos (se necessário, a meio tempo, cubra com uma folha de papel para não queimar). Verifique a cozedura com um palito.
Deixe o bolo arrefecer sobre uma grelha e desenforme apenas quando morno.
Sirva polvilhado com açúcar em pó ou com uma mistura de açúcar em pó e canela."




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Lição nº 80

Sumário: Como soltar facilmente os bagos da romã

Sempre gostei de juntar bagos de romã à salada de fruta e, até hoje, achava demorado e aborrecido soltar os bagos da romã. Até que vi um programa do Jamie Oliver em que ele ensinava como o fazer de uma forma surpreendentemente fácil!! Acabei agora mesmo de experimentar e ... resultou!! Não resisti a partilhar o truque. Vejam o vídeo e experimentem.
A minha salada ficou assim...


Aqui está o vídeo

http://www.youtube.com/watch?v=8lH47Oorrdk

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Lição nº 79

Sumário: Frango de outono


Contributo da stora F.S.

"O dilema “o que fazer para o jantar?” é certamente familiar a muita gente! Hoje tinha umas coxinhas de frango e pensei: Bem, outra vez com arroz ou massa não dá! Depois de uma visita “de estudo” à despensa, saiu-me este “frango de outono” (sim, outono com minúscula!!!). Penso que resultou muito bem. Rápido, simples, económico, diferente e muito saboroso!




Frango

  8 coxinhas de frango, sem pele
  1,5 dl de vinho branco
  2 folhas de louro
  1 rebento pequeno de gengibre fresco *
  sal
  pimenta (usei preta)
  piripíri
  ½ colher de chá de Açafrão das Índias *

   *se não tiver… não use!


Acompanhamento

  1 cebola
  2 dentes de alho
  abóbora manteiga, q.b.
  batatas doces, q.b.
  1 dl vinho branco
  sal

Leve ao lume uma sertã com um pouco de azeite. Quando estiver quente, junte as coxinhas, sem amontoar, e deixe ganhar cor, virando-as uma ou duas vezes. Tempere com o sal, a pimenta, o piripíri, o açafrão das Índias, junte as folhas de louro, o gengibre cortado em 4 e, por último, o vinho. Tape com um testo e deixe cozinhar, em lume brando, virando as coxinhas de vez em quando para que cozinhem por igual.

Entretanto prepare o acompanhamento:

Leve ao lume um tacho com azeite, junte a cebola grosseiramente picada, os alhos picados e deixe refogar um pouco. Junte abóbora manteiga, bem lavada, assim mesmo, sem descascar e cortada em cubos pequenos. Tape, deixe cozinhar 2 min e depois junte as batatas descascadas e cortadas em rodelas grossas. Tempere com sal (muito pouco), junte o vinho, mexa, tape e deixe ferver em lume brando, cerca de 3 min, ou até estar tudo cozinhado, mas sem se desfazer."

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Lição nº 78

Sumário: Cookies de aveia

Já é a segunda vez que faço esta receita. A primeira vez, como não tinha sultanas, adicionei ameixas pretas partidas em pedacinhos e as cookies ficaram menos doces do que as da segunda vez, em que utilizei sultanas.  Assim, para a próxima, se utilizar sultanas vou reduzir a quantidade de açúcar.
A receita foi publicada no jornal Dica da Semana do LIDL.




  140 g de farinha
  1/2 colher de chá de fermento
  100 g de flocos de aveia
  110 g de margarina
  100 g de açúcar
  3 colheres de sopa de mel
  80 g de sultanas

Misture a farinha com o fermento e os flocos de aveia.
À parte, bata a margarina com o açúcar e o mel até obter um creme.
Acrescente ao creme a mistura de flocos de aveia e as sultanas, amassando até ficar homogéneo.
Forre um tabuleiro do forno com papel vegetal. Molde pequenas bolinhas com a mistura anterior e disponha-as no tabuleiro, deixando alguma distância entre elas. Achate-as ligeiramente com a ajuda de um garfo e leve-as ao forno, a 180 ºC, durante 15 minutos.

domingo, 18 de setembro de 2011

Lição nº 77

Sumário: Empadas de frango
Sempre tive má relação com a massa das empadas: ou ficava tipo chiclet ou tipo cimento. Mas desde que descobri esta receita, a minha relação ficou quase perfeita!!
Estas foram do jantar de ontem.




Massa

  3 gemas
  50 ml de água
  600 g de farinha de trigo
  1 colher (café) de sal
  300 g de margarina
  gema ligeiramente batida para pincelar

Numa tigela, peneire as gemas e depois misture a água. Reserve.
Numa taça, coloque a farinha de trigo, o sal e a margarina e misture bem. Adicione as gemas com água e misture tudo até ficar uma massa homogénea. (quem amassou a massa das minhas foi a minha batedeira) Deixe descansar no frigorífico 30 minutos.
Pegue numa pequena porção da massa e forre as forminhas de empada com uma camada fina de massa. Coloque  o recheio. Pegue noutra porção de massa, abra-a na mão (ou numa superfície lisa) e cubra, tapando a empadinha e pincele a tampa com gema batida.
O recheio é a gosto. O meu foi com restos de frango assado.

domingo, 11 de setembro de 2011

Lição nº 76

Sumário: Bolo salgado

Este bolo salgado, já foi rei de piqueniques e de muitas festas, desta e de outras casas. Ontem, lembrei-me de o fazer para o jantar.
Cá em casa chama-se Bola da Edite, em homenagem à colega que me deu a receita. A receita é de uma Revista Teleculinária muito antiga.
O bolo é maravilhoso!!



Recheio

  3 ovos cozidos cortados aos cubos
  3 tomates vermelhos rijos cortados aos cubos
  150 g de fiambre cortado aod cubos
  100 g de azeitonas partidas em pedaços
  50 g de queijo ralado (parmesão ou ilha)
  1 cebola picada grosseiramente
  salsa picada a gosto

Massa

  3 ovos inteiros
  1 chávena de chá mal cheia de óleo
  12 colheres de sopa de farinha
  2 chávenas de chá de leite
  1 colher de sopa de fermento em pó
  sal e pimenta q.b.

Bater os ovos e juntar, alternadamente, o óleo e a farinha. Adicionar o leite e o fermento. Bater muito bem. (a massa fica um pouco líquida)
Juntar o recheio, mexer e temperar com sal e pimenta. Untar uma forma de buraco ou de bolo inglês com manteiga e farinha e levar ao forno 180 ºC, aproximadamente, 45 minutos. (quando o bolo é para desenformar eu coloco-o numa forma de bolo inglês, porque fica, de facto, muito bonito, mas em casa, utilizo um tabuleiro forrado com papel vegetal e untado com um pouco de óleo)